Qualidade e Segurança

Gestão da Qualidade

A Qualidade é um elemento diferenciador que vem contribuir e estimular de forma efetiva para a melhoria dos processos e prestação da assistência à saúde.

A política de gestão da qualidade daRede Assistencial da Supervisão Técnica de Saúde Vila Maria/Vila Guilherme tem o objetivo de avaliar, medir e readaptar sistematicamente os processos, a fim de garantir a melhoria contínua e segurança à assistência prestada.

Desde sua inauguração, aRede Assistencial da Supervisão Técnica de Saúde Vila Maria/Vila Guilherme busca a excelência na prestação dos serviços. Para isso, é gerenciada por meio de normas, procedimentos e protocolos padronizados, que agregam segurança, agilidade e eficiência ao atendimento, constantemente, novos protocolos são implantados a nossos serviços, sempre em sintonia com as melhores práticas e os resultados são monitorados por meio de indicadores de qualidade específicos para cada especialidade.

A obtenção da Certificação dos Serviços de Saúde faz parte do Planejamento Estratégico da Instituição, o que dará maior credibilidade aos trabalhos já realizados naRede Assistencial da Supervisão Técnica de Saúde Vila Maria/Vila Guilherme.

 

Gestão de Segurança

A gestão dos riscos passa pela normatização preventiva, corretiva e contingente; partindo da política institucional, com os riscos identificados, mapeados e monitorados com foco nos processos de trabalho (assistenciais, administrativos e de apoio) e na contínua redução de danos e perdas.

Gerenciar os riscos compreende a identificação, análise e prevenção dos riscos clínicos e não clínicos.

 

ROPS(Requered Organizational Practice) - BOAS PRÁTICAS PARA SEGURANÇA DO PACIENTE

ORIENTAÇÕES PARA GUARDA DE MEDICAMENTOS

ORIENTAÇÕES PARA USO SEGURO DE MEDICAMENTOS
Importante

Pergunte, questione, você poderá ajudar nesse processo de segurança.

Você faz mais perguntas quando compra um eletrodoméstico, um carro ou quando vai ao restaurante que durante sua consulta médica ou sua internação ou de seu familiar. Você pode melhorar a qualidade e a eficácia de seu tratamento, fazendo perguntas simples a seu médico ou profissionais de saúde.

1. Você pode explicar melhor o meu diagnóstico?

2. Existem alternativas a este tratamento?

3. Quais exames tenho de fazer?

4. Como se escreve o nome deste medicamento?

5. Este medicamento tem efeitos colaterais?

6. Este medicamento vai interagir com os medicamentos que eu já estou tomando?

7. Tenho de alterar minha dieta alimentar, para que estes medicamentos façam melhor efeito?

8. Este tratamento interfere em minhas atividades do dia a dia?

9. Posso esperar para decidir se inicio este tratamento?

10. Quais são as possíveis complicações?